TRATAMENTOS >> Fobia Social


COMO POSSO IDENTIFICAR SE TENHO FOBIA SOCIAL?

A fobia social pode ser notada diante da evitação de diferentes situações sociais como falar em público, iniciar uma conversa, marcar um encontro, comparecer a eventos sociais, relacionar-se com pessoas do sexo oposto dentre varias outras situações.

É importante ressaltar que esse transtorno interfere no funcionamento social, gerando prejuízos na vida profissional, familiar e afetiva do indivíduo. O medo, a evitação ou a antecipação ansiosa interferem significativamente na rotina diária, funcionamento e desempenho social da pessoa.

QUANDO DEVO PROCURAR AJUDA PARA TRATAR A ANSIEDADE SOCIAL?

A fobia social pode ser considerada um dos transtornos mais debilitantes, afetando drasticamente a qualidade de vida de uma pessoa devido ao freqüente sofrimento de algo que deveria ser prazeroso para o ser humano: relacionar-se com o outro.

QUAIS AS PRINCIPAIS SITUAÇÕES TEMIDAS PELOS FÓBICOS SOCIAIS?

Falar para uma audiência, trabalhar na frente dos outros, olhar diretamente nos olhos de estranhos, reclamar de algo desagradável, dar uma festa, realizar um teste, ir a uma festa, falar para um pequeno grupo, paquerar, conhecer novas pessoas, falar ao telefone com estranhos, ser observado ou ser o centro das atenções, comer em publico, utilizar banheiros em locais públicos, assinar documentos na frente de pessoas estranhas. 

COMO FUNCIONA O TRATAMENTO PARA FOBIA SOCIAL? 

De acordo com a psicóloga Dra. Karina Brito, existem técnicas especificas que podem ser utilizadas no tratamento da fobia social.

A terapia cognitivo comportamental mantém o foco maior na avaliação e na interpretação que o paciente faz da situação temida, do seu próprio desempenho e da preocupação exagerada com o que os outros irão pensar.
Normalmente é necessário fazer algumas exposições, muitas vezes realizadas no próprio consultório, onde o paciente tem a oportunidade de vivenciar algumas das suas situações temidas, tornando-o mais autoconfiante para se expor em seu dia-a-dia.